Gilles Deleuze: Carta a um crítico severo

Por Gilles Deleuze | Trad.:  Peter Pál Pelbart Carta a um crítico severo Você é encantador, inteligente, malevolente, quase ruim. Mais um esforço… afinal, a carta que você me manda, invocando ora o que se diz, ora o que você mesmo pensa, e os dois misturados, é uma espécie de júbilo pela minha suposta infelicidade. Por um lado, … Continue lendo Gilles Deleuze: Carta a um crítico severo

Três cartas de Henri Bergson para Gilles Deleuze

Por Henri Bergson | Trad.: Rodrigo Lucheta Uma primeira versão destas cartas foi lida em 2005, no Centro Georges Pompidou, na ocasião de uma noite em homenagem a Gilles Deleuze. O que segue retoma o texto publicado na revista Critique, nº 732, de maio de 2008. Contando com sua sagacidade, deixamos ao leitor o cuidado de julgar … Continue lendo Três cartas de Henri Bergson para Gilles Deleuze

O liso e o estriado: Beethoven e Steve Reich (por Silvio Ferraz)

por Silvio Ferraz "O ponto que pretendo alcançar nesta leitura é aquele que diz respeito à forma musical. Para falar de forma tomarei por base a definição de Boulez - e Deleuze a partir de Boulez - para espaço e tempo liso ou estriado. A razão é simples, distingue-se de fato de um lado a … Continue lendo O liso e o estriado: Beethoven e Steve Reich (por Silvio Ferraz)

Audio-book de Gilles Deleuze sobre cinema

De 1981 à 1984, Gilles Deleuze s'est consacré au cinéma. Pendant ces années de cours à Paris VIII, il a écrit et publié aux Editions de Minuit L'image-mouvement et L'image-temps (1983 et 1985). Ses cours, puis ses deux livres ne sont pas une histoire du cinéma. Deleuze n'aborde pas le cinéma sous son aspect technique … Continue lendo Audio-book de Gilles Deleuze sobre cinema

O Corpo-com-Órgãos de Michel Onfray

 Por Michel Onfray | Trad.: Rodrigo Lucheta O TOTEM NÃO É TABU Artaud, entre múltiplas invenções linguageiras que constituem um tanto de licenças poéticas, falou do "corpo-sem-órgãos". Sob a pena de Gilles Deleuze, o escriba equilibrado do louco genial que era Félix Guattari, este conceito deu a volta no planeta. Tornou-se "CsO" (Concurso de salto … Continue lendo O Corpo-com-Órgãos de Michel Onfray

GILLES DELEUZE: Je Nage – por Rodolphe Burger e Olivier Cadiot

cursos_deleuze_spinoza_062005Composição de relações ao som de uma música de Rodolphe Burger & Olivier Cadiot ("Je nage" / "Eu nado"), com trechos falados de uma aula de Gilles Deleuze: "Espinosa: Imortalidade e Eternidade", de 1981. Clique aqui para ler a aula de Deleuze em francês. Clique aqui para ler a aula de Deleuze em português. Clique … Continue lendo GILLES DELEUZE: Je Nage – por Rodolphe Burger e Olivier Cadiot